21 inventores que morreram por suas invenções




Você já invento alguma coisa? Então é melhor tomar cuidado, pois ela pode te matar.
Confira agora 21 inventores que morreram por suas invenções:


21- Sabin Arnold von Sochocky
 Sochocky inventou a primeira tinta luminescente à base de rádio, mas morreu de anemia aplástica resultante da intoxicação do elemento. Por falar nisso, o rádio era um material muito popular no início do século 20, e foi responsável pela morte de muitas pessoas, sobretudo pintores.


20- John Godfrey Parry-Thomas
 John foi um engenheiro galês e piloto de corridas. Ele desenvolveu o Babs, um carro que tinha o propósito de bater o recorde de velocidade de Malcolm Campbell. Seu novo carro tinha muitas modificações como um sistema de correntes expostas que transmitiam a força do motor do carro até as rodas. Em 27 de abril de 1926 ele realizou seu sonho estabelecendo o recorde para 275 km/h, que durou um ano até ser quebrado novamente por Malcolm Campbell. Ao tentar recuperar seu título uma das correntes se rompeu voando diretamente em direção ao pescoço de John, em altíssima velocidade, quase removendo sua cabeça.


19- Cowper Phipps Coles
Cowper foi um importante capitão da Marinha Real britânica que inventou a torre rotatória durante a Guerra da Criméia. Depois da guerra Cowper patenteou sua invenção e começou a construir seu próprio navio usando um design revolucionário. Seu novo navio, o HMS Captain, recebeu diversas modificações incomuns e perigosas que incluíam um “convés de furação” que elevou o centro de gravidade do navio. Em 6 de setembro de 1870 o HMS Captain virou e levou consigo a vida de Cowper e da maioria de seus 500 tripulantes. 


18- Henry Winstanley
Henry Winstanley foi um famoso arquiteto projetista de faróis de sinalização marítima. Com a intenção de testar a resistência de um de seus faróis Henry exigiu permanecer dentro de um deles durante uma tempestade. O farol desabou acabando com a vida de Henry e outras cinco pessoas. 


17- Sylvester H. Roper e sua motocicleta
O construtor da primeira motocicleta, do velocípede e um dos primeiros automóveis, morreu em 01 de junho de 1896 enquanto testava um modelo final de um velocípede à vapor. Ele foi visto quando estava caído sobre a pista. É desconhecido se a causa da morte foi um ataque cardíaco causado pelo acidente ou se ele sofreu de insuficiência cardíaca. 


16- Horace L. Hunley e seus submarinos
Horace Lawson Hunley tinha certa obsessão por submarinos e chegou a inventar três modelos diferentes desse tipo de veículo durante a Guerra Civil Americana. Inclusive, foi com o terceiro modelo inventado por ele que Hunley morreu, junto com uma tripulação de sete membros, em outubro de 1863. 


15- Hunley e o submarino de combate
Horace Lawson Hunley era engenheiro naval e, em outubro de 1863, resolveu por à prova sua mais nova invenção: um submarino movido à mão – sim, à mão! Surpreendentemente – ou não – Hunley acabou morrendo quando ficou preso na parte inferior do porto de Charleston ao testar seu brinquedinho. 


14- Fleuss e o respirador de oxigênio puro
Em 1876, o inglês Henry Fleuss inventou um respirador de circuito fechado que funcionava com oxigênio comprimido em vez de ar comprimido. Inicialmente, destinado para a realização de consertos nas portas de ferro das câmeras inundadas de navios, foi utilizado pelo próprio Fleuss num mergulho a 30 metros de profundidade.  Pena que o pobre inventor não sabia que oxigênio puro é fatal para seres humanos em ambientes sob alta pressão. 


13- Freminet e o dispositivo de reinalação
A invenção do francês Sieur Freminet (em 1772) era bem interessante: tratava-se de um dispositivo de mergulho que permitia a reinalação do ar exalado dentro do barril, ou seja, era um dispositivo de respiração independente. Infelizmente, a invenção não era de boa qualidade e Freminet morreu asfixiado após ficar apenas 20 minutos dentro do dispositivo. 


12- Bullock e a prensa rotativa
William Bullock foi o inventor americano responsável pela criação da prensa rotativa, que revolucionou a indústria da impressão tamanha a sua rapidez. Em abril de 1867, enquanto tentava consertar uma de suas prensas novas, Bullock acabou ficando preso e tendo sua perna esmagada.
Ele chegou a ser hospitalizado, mas adquiriu gangrena e morreu dias depois na sala de cirurgia para a amputação do membro. 


11- Aurel Vlaicu
Construtor de um modelo de aeronave de metal morreu quando tentava cruzar as montanhas dos Cárpatos, a bordo de seu avião Vlaicu II, que caiu dia 13 de setembro de 1913. 


10- Valerian Abakovsky
O inventor de um trem de alta velocidade com motor de aeronave e hélices morreu na viagem de volta a Moscou após um teste bem sucedido. O vagão descarrilou e matou seis passageiros. 


9- Midgley e o sistema de cordas e roldanas da sua cama
Quando o famoso engenheiro mecânico e químico Thomas Midgley Jr. contraiu poliomielite aos 51 anos, sua movimentação ficou bastante comprometida. Então, ele elaborou um sistema de cordas e roldanas para que outras pessoas pudessem levantá-lo da cama com mais facilidade.
Em novembro de 1944, Midgley acabou falecendo após um trágico evento no qual ele acabou sendo estrangulado pelas cordas da sua própria invenção. 


8- Soucek e o barril à prova de choque
Karel Soucek foi um dublê profissional famoso por construir “a capsula”, um barril à prova de choque, e se jogar, dentro dele, das Cataratas do Niágara, sobrevivendo com apenas alguns ferimentos.
Entretanto, a sorte não sorriria duas vezes pra ele. Em janeiro de 1985, Soucek convenceu uma empresa a financiar sua próxima queda: do topo do Houton Astrodome.
Ocorre que, na hora de finalmente completar seu feito, a capsula se deslocou no ar durante a queda, atingindo a lateral do poço de água preparado para a aterrissagem, e deixando Soucek gravemente ferido. Ele veio a morrer no dia seguinte.


7- Bullock e a prensa rotativa
William Bullock foi o inventor americano responsável pela criação da prensa rotativa, que revolucionou a indústria da impressão tamanha a sua rapidez. Em abril de 1867, enquanto tentava consertar uma de suas prensas novas, Bullock acabou ficando preso e tendo sua perna esmagada.
Ele chegou a ser hospitalizado, mas adquiriu gangrena e morreu dias depois na sala de cirurgia para a amputação do membro. 


6- Dacre e o táxi voador
Em 16 de agosto de 2009, Michael Dacre, um pioneiro da aviação britânica e diretor da empresa britânica Avcen Ltd., fez a realização do primeiro voo de teste do seu próprio “táxi voador”. Entretanto, ao voar cerca de 150 milhas ao norte de Kuala Lampur, na Malásia, o avião mergulhou ao chão, matando seu inventor em uma grande explosão. 


5- Henry Smolinski
Smolinski e seu parceiro, Hal Blake, fundaram a Advanced Vehicle Engineers em 1971 para projetar e construir um carro voador. O primeiro protótipo (e único) foi o AVE Mizar, que combinava um Ford Pinto com a extremidade traseira de um Cessna. As asas caíram durante um voo de rotina, matando ambos os engenheiros. 


4- Marie Curie e a radiação
Esta é, provavelmente, a figura mais famosa desta lista e, apesar de seus feitos não caracterizarem uma invenção propriamente dita, ainda se torna digna de nota pela importância de suas pesquisas. Marie Curie era física e química e hoje é mundialmente famosa por seu trabalho com a radioatividade. Ela foi a responsável, também, pela descoberta dos elementos rádio e polônio. Tendo sido a primeira pessoa a ser premiada duas vezes com o prêmio Nobel, Curie acabou falecendo por causa dos efeitos de suas descobertas. A cientista morreu em julho de 1934 por causa de uma anemia aplástica causada pela radiação dos elementos químicos. 


3- Perilo e o Touro de Bronze
Perilo de Atenas era um inventor que trabalhava com metais. Sua criação mais famosa foi um objeto de tortura conhecido como Touro de Bronze, que consistia na escultura do animal com uma câmara oca onde eram colocados os criminosos a serem executados. Depois, uma fogueira era acesa logo abaixo dessa câmara e o condenado era aquecido vivo, enquanto fumaça e gritos saiam pelos tubos que levavam ao nariz da escultura. Depois de apresentar seu invento a Fálaris, o Tirano de Agrigento, na Sicília, Perilo foi intimado pelo malfeitor a entrar em sua escultura e demonstrar o sistema de tubulação que fazia ecoar os gritos de alguém. Não demorou muito para que o tirano e seus guardas acendessem a fogueira e torturassem o inventor até perto de sua morte. Depois de abrirem a porta e tirarem Perilo de dentro do animal, o criador dessa máquina terrível foi jogado de cima de um penhasco. 


2- Alexander Bogdanov
Em 1924, Bogdanov iniciou seus experimentos de transfusão de sangue na esperança de alcançar a juventude eterna ou rejuvenescimento parcial. Depois de onze transfusões, sua visão melhorou, mas uma transfusão o matou: em 1928, ele tomou o sangue de um estudante que sofria de malária e tuberculose. 


1- Reichelt e o traje paraquedas
Franz Reichelt foi um alfaiate austríaco, inventor e pioneiro na arte do paraquedismo. Em fevereiro de 1912, Reichelt resolveu testar sua mais nova invenção: uma roupa paraquedas. Para isso, ele escolheu um dos mais belos e mais altos lugares de Paris, a torre Eiffel. Apesar do apelo dos seus amigos e do público para que ele não fizesse isso, ele fez – e literalmente estabacou-se no chão gelado aos pés da torre!

Tecnologia do Blogger.