7 órgãos do seu corpo que você pode viver sem



Existem casos na medicina em que as pessoas chegam a perder os órgãos ou tem os mesmos acometidos por doenças graves que exigem a retirada urgente. O número de transplantes e retiradas de órgãos por conta de determinados problemas de saúde é uma das atividades mais executadas na medicina.
Confira agora 7 órgãos do seu corpo que você pode viver sem:


Estômago
 Ele é um dos órgãos que muitos imaginam que se retirarmos, nunca mais viveremos e, se caso dê para retirar, como seria viver sem ele. O estômago é uma peça que pode ser retirada do corpo para que você possa sobreviver, em caso de câncer ou algum problema que necessite a remoção do órgão. Segundo os médicos, pacientes que passam por esse tipo de procedimento necessitam de injeções de vitaminas para se recuperarem e adaptarem à nova realidade. Em caso de retirada do estômago, o esôfago é ligado diretamente com o intestino delgado.


Apêndice
 Mesmo você pensando que ele não sirva para nada, o apêndice é o responsável pelo crescimento de bactérias que são benéficas para o organismo, além de facilitar o repovoamento dessas bactérias no cólon. Ele é um dos órgãos que não compromete a sobrevivência, caso precise ser retirado do corpo.

Baço
Mesmo o baço sendo crucial na defesa do organismo contra infecções, uma pessoa pode viver uma vida longa e saudável sem este órgão, de acordo com o Grupo de Oncologia Pediátrica dos Estados Unidos (COG). Quando é removido devido a uma lesão ou transplante, outras partes do corpo, tais como o fígado ou os nódulos linfáticos, começam a desempenhar um papel mais importante no sistema imunológico. Como resultado de não ter um baço, o seu corpo é mais suscetível às doenças. Sem ele, infecções podem ser fatais se não forem tratadas de imediato. Seu médico irá prescrever o uso de antibióticos diários e vacinas adicionais.

vesícula biliar
 Sem a vesícula biliar, o corpo ainda vai produzir bílis. Agora, a bile irá se mover do fígado para o intestino delgado através do canal biliar. Uma vez que ela não tem onde ser armazenada, esse processo acontece de forma contínua, com a bílis sendo liberada em um gotejamento lento.

Cólon
 O cólon é a maior proporção do intestino grosso e responsável pela absorção de água das fezes e torná-las mais… digamos consistentes, antes de serem excretadas por você. Em situações em que uma pessoa precisa retirar o cólon, uma bolsa interna ou externa é implantada para simular o armazenamento de fezes.

Rim
 A função principal dele é filtrar o sangue e eliminar tudo aquilo que for prejudicial ao nosso organismo. Existem pessoas que sobrevivem com apenas um rim, tanto porque precisou de um novo quanto porque doou a alguém. Quando se retira um rim, é possível que a pessoa sobreviva com processos de hemodiálise, um sistema de filtração do sangue feita em uma máquina que realiza as funções do rim.

Órgãos reprodutivos
É possível viver sem o seu órgão reprodutor. Claro, tirando a impossibilidade de se reproduzir, não há muitos outros danos para a vida de quem retira ou por algum motivo específico precise retirar os seus testículos ou o útero. Você pode viver tranquilo.

Tecnologia do Blogger.