10 coisas normais que se tornam bizarras quando pensamos sobre elas


Você nunca parou pra pensar sobre coisas do nosso cotidiano? 
Como por exemplo, dormir, você ta la deitado, e de repente você apaga, e no meio disso você ainda tem "alucinações", que chamamos de sonhos. Hoje trouxemos 10 coisas normais que se tornam completamente bizarras quando pensamos sobre elas, confira:


1- Dormir
 Durante o sono, seu corpo entra em um estado de quase morte. Porque dizemos isso: Seus batimentos cardíacos e ritmo respiratório diminuem e seu corpo fica desligado por mais ou menos 8 horas. Acrescente a isso as alucinações surreais que temos enquanto dormimos e damos a elas o nome de sonhos.


2- Cocô
Apenas pense por um segundo. Seu aparelho digestivo tem nove metros de comprimento. Tudo que entra pela sua boca, independentemente do que seja, se converteram em nutrientes que seu corpo vai absorver apenas o quanto ele precisar. Todo o resto vai virando uma pasta pegajosa marrom (via de regra) que vai levar de 4 a 8 horas para ser expelida do seu corpo.


3- Pássaros
Nas vezes em que você ouviu um pássaro cantando pela manhã, em algum momento já parou pra pensar que as aves surgiram durante o período jurássico a cerca de 150 milhões de anos atrás? Já parou pra pensar que eles são animais pré-históricos que cantam?


4- Seus batimentos cardíacos
Sinta seu coração bater. Isso, ponha a mão no peito! Sentiu? Agora reflita sobre o fato de seu coração ser apenas uma bomba. Sim, ele não é o centro das suas emoções, ele é um músculo. Mas um músculo muito importante. Ele faz o sangue percorrer todo seu corpo e nutri suas células de energia e oxigênio. E isso tá rolando o tempo todo, ininterruptamente. Ele é um músculo que não cansa, mas pode sofrer exaustão. Já pensou?


5- Ex
Você conhece alguém, se interessa pelos interesses da pessoa, ela se interessa por você, vocês namoram, tr@ns@m, falam sobre dinheiro, s£x0, música, se apresentam para os amigos, comem juntos, acordam juntos e, de repente acaba. Chega um momento em que vocês não se reconhecem mais e, quando se encontram ao acaso dizem apenas “olá” um ao outro.


6- Ovos de galinha
Quando você está comendo um ovo, você está se alimentando do produto do período fértil de uma ave. Isso porque você provavelmente já achou um pouco sem sentido o caviar ser tão caro já que se trata de ovas de peixe e achou até um pouco nojento comer ovas de peixe. Mas e as ovas de aves que comemos frequentemente?


7- Chorar
O choro é definido como “um fenômeno excitomotor complexo, caracterizado pelo derramamento de lágrimas do aparelho lacrimal, sem qualquer irritação das estruturas oculares”. Tudo muito objetivo, tudo muito bem cientificamente explicado. O negócio pega quando você para pra pensar no que te faz chorar. A bad vem. E vem com tudo.


8- Gravidez
Que lindo o fluxo natural da vida, não? Esqueça o termo gravidez e pense em um corpo crescendo dentro do seu, se alimentando da sua energia, dos seus nutrientes e que, mesmo depois que seu corpo expulsá-lo, ele continuará sugando sua vitalidade, suas noites de sono, seu dinheiro…


9- Álcool
Quem será que começou com a ideia de intoxicar o próprio corpo e fazer disto um negócio que estimula as pessoas a pagarem impostos para retardarem seus cérebros e fazerem coisas das quais vão se arrepender e se envergonharem depois? Seja quem for, se deu bem, já que a maioria das pessoas não conseguem se divertir sem beber.


10- Leite
Sabia que, quando você bebe leite, está bebendo o líquido das glândulas mamárias de um animal de outra espécie? Pois é. Vacas ou cabras não produzem leite para humanos. Quando o bebemos, tomamos o alimento necessário à sobrevivência dos filhotes destes animais, porque eles não produzem leite o tempo todo não! São como as fêmeas humanas.

Tecnologia do Blogger.