9 previsões futuristas que se tornaram realidade em 2016


Mais um ano se passou e várias novas descobertas transformaram o mundo a partir das revelações científicas feitas em laboratórios e campos de pesquisa. Previsões e suspeitas aguardadas por anos por equipes de especialistas finalmente foram cumpridas, chocando o mundo da ciência.
Confira agora 9 previsões futuristas que se tornaram realidade em 2016:


A inteligência artificial derrotou um mestre de Go
O computador do Google, AlphaGo conseguiu ganhar quatro de cinco jogos que jogou contra o mestre de Go, Lee Sedol. O jogo de tabuleiro de origem chinesa consiste numa batalha de pedras pretas e brancas num embate por conquista de território. Especialistas imaginaram que a máquina não teria chances contra o campeão mundial por conta da complexidade e sofisticação da partida, mas a derrota mostrou que a inteligência artificial está rapidamente alcançando o nível de inteligência humano.


Carros sem motoristas viraram reais
O mundo já esperava que transporte público de táxis sem motoristas seria inevitável, mas quando a Uber lançou uma frota de veículos autônomos em outubro, todos se chocaram com a revelação. Uma nova era de transportes foi aberta com a inovação tecnológica. Os carros ainda estão longe da perfeição e alguns governos estão tendo problemas com a tecnologia, como o da Califórnia, nos Estados Unidos, mas a partir de agora é apenas uma questão de tempo antes que caronas com carros robóticos se torne algo comum.


Nasceu o primeiro bebê com três pais
Uma controversa técnica que consiste na transferência de núcleos de mitocôndrias foi utilizada para gerar um bebê a partir de material genético de três adultos diferentes. A terapia impediu que uma grave condição de saúde fosse passada da mãe para o bebê. Nesse caso, o problema era a condição genética chamada Síndrome de Leigh, que afeta o desenvolvimento do sistema nervoso. A técnica ainda não é legal em várias partes do mundo, o que levou o Dr. John Zhang, de Nova York, a realizar o procedimento no México, onde não há regras a respeito.


Garota venceu batalha para ser preservada com criogenia
Uma garota de 14 anos com câncer terminal no cérebro teve seu último desejo realizado com a justiça britânica aprovou o pedido de preservá-la em câmaras de criogenia nos Estados Unidos. Depois da morte, a adolescente foi levada para o Cryonics Institute, em Michigan, onde está preservada. Mesmo que o pai da garota não apoiasse a decisão, a corte também ouviu a mãe, que agia na intenção dos melhores interesses da jovem.


Cientistas criaram forma de vida artificial com 473 genes
Pesquisadores do Synthetic Genomics e do J. Craig Venter Institute conseguiram criar uma pequena bactéria sintética menor que qualquer coisa encontrada na natureza. O experimentou tentou criar uma linha de genoma que os cientistas possam estudar a vida. Chamada Syn3.0, a bactéria de 473 genes podia ser usada para construir virtual qualquer célula com propriedades de customização na construção, permitindo que cientistas criam formas de vida artificiais utilizadas para a produção de remédios, combustíveis e comida.


Uma realidade virtual convincente chegou ao mercado
Depois de muita expectativa, hype e propagandas que anunciavam tecnologias revolucionárias, os aparelhos de realidade virtual finalmente se tornaram disponíveis para os consumidores, apesar do preço elevado. Produtos como Oculus Rift e HTC Vive agora permitem que pessoas comuns experimentem tecnologias de realidade virtual em qualquer ambiente, anunciando uma era de novas promessas para o mercado.


Cientistas criaram um plano para construir um genoma humano sintético
Em maio, mais de 100 cientistas, advogados e empresários tiveram uma reunião secreta para discutir a possibilidade de criar um genoma humano sintético. Um mês depois, o biólogo George Church, de Harvard, disse que todo o projeto estava tomando grandes proporções e o projeto constituía num esforço para construir e desenvolver o genoma em uma década.


Pesquisadores encontraram uma forma de preservar o cérebro depois da morte
Por meio de um composto químico que deixou um cérebro de coelho num estado similar ao vidro a partir do resfriamento por nitrogênio líquido, uma equipe de pesquisa do 21st Century Medicine mostrou que é possível alcançar uma quase perfeita preservação estrutural de um cérebro mamífero a longo prazo. A nova técnica irá permitir que cientistas estudem melhor os cérebros, além de aplicar o conhecimento nas pesquisas de preservação em criogenia.


Demos um passo importante para a fusão nuclear
Em fevereiro, cientistas alemães utilizaram um dispositivo de fusão nuclear experimental para produzir plasma de hidrogênio. Durante o experimento, um pulso de energia 2 megawatt de energia em microondas atingiu uma nuvem de gás hidrogênio, convertendo o material num plasma de baixa densidade. A conversão durou apenas uma fração de segundo, mas o plasma atingiu 80 milhões de graus, num processo similar ao que acontece no sol. Ainda teremos muito tempo até que a fusão possa ser feita dentro de um ambiente seguro, contido e sustentável, mas o teste marcou um importante avanço em direção a essa conquista.

Tecnologia do Blogger.