7 raças de cães que já foram extintas


Que o cachorro é o melhor amigo do homem, nós já sabemos. Mas você sabia que apesar de existir atualmente por volta de 339 raças diferentes, muitas outras já foram extintas?
Então confira agora 7 raças de cães que já foram extintas:


Tesem
 Essa raça de cachorro é uma das mais antigas que já foram descobertas, quando se trata se domesticar o animal e permitir que ele tenha contato e convivência com humanos. Já no antigo Egito ele era retratado em hieróglifos.
Acredita-se que essa raça que tenha dado origem a uma outra chamada Pharaoh Hound, que basicamente significa “o cão do faraó”.


Skye (raça em extremo risco)
 Mais conhecido como “Terrier de Skye” esse cãozinho é nativo de uma ilha escocesa, e durante a idade média era bastante popular entre as famílias nobres dessa região.
Estima-se que hoje em dia, exista apenas uma média de 3.500 cães dessa raça, o que significa dizer, que ele já é considerado mais raro do que os pandas-vermelhos por exemplo.
No ano de 2013 apenas 17 filhotes nasceram em todo o mundo, e como consequência disso, a raça entrou no ranking de espécies extremamente ameaçadas de extinção.


Terrier de Paisley
Essa raça que possui descendência na espécie Skye que mencionamos acima, foi bastante popular quando concebida como uma versão miniatura da raça escocesa. Na Inglaterra os Terrier de Paisley podiam ser facilmente encontrados visto que eram criados basicamente para ser cães de companhia e de apresentações caninas. Porém durante a década de 1950 o interesse comercial nessa raça se dissipou e consequentemente ela se extinguiu.


D´água de Saint John
Esta raça foi desenvolvida artificialmente no século XVIII, na Terra Nova, uma província francesa que atualmente pertence ao Canadá. O cão D’água de Saint John é o ancestral dos retrievers e era ideal para servir como companhia a pescadores. Por outro lado, com o aumento da pesca comercial, a procura por essa raça diminuiu drasticamente. 
Nos de 1970 existia apenas 2 cães desta raça, e ambos eram machos, como resultados, houve a extinção.


Kurï
Essa raça se originou nas ilhas da Polinésia e foi levado para a Nova Zelândia aproximadamente no século XIV. No entanto os Kurï não foram bem aceitos pelos nativos, segundo a história eles eram considerados feios, traiçoeiros e desrespeitosos. Por esse motivo acabaram entrando em extinção.


Molossus
Essa raça que é o ancestral mais provável dos São-Bernados, viajou por quase todo o mundo durante a era Cristã. Eles eram considerados ágeis e leais pelos gregos e romanos, e por isso era bastante popular entre esses dois povos. Não se sabe ao certo, qual foi o motivo que resultou em sua extinção.


Cão de luta de Córdoba
Esse cão originário da Argentina era bastante violento e territorialista, por esse motivo ele era utilizado para brigar em rinhas por todo o país. Como consequência a raça não conseguia cruzar, visto que eram criados para manter uma postura ameaçadora. Ou seja, machos e fêmeas simplesmente se atacavam violentamente ao invés de copular, causando deste modo a sua extinção.

Tecnologia do Blogger.