Veja como os 15 piores ditadores da história morreram




Ditador era o título de um magistrado da Roma Antiga apontado pelo senado romano para governar o estado em tempo de emergências. No sentido moderno, refere-se a um governante absolutista ou autocrático que assume solitariamente o poder sobre o Estado. Todo mundo conhece alguns ditadores cruéis da história, certo? Mas pouca gente sabe como foi a morte dos maiores ditadores da história.
Confira agora como os 15 piores ditadores da história morreram:


Joseph Stalin, Rússia (1878-1953)
No dia 5 de março de 1953, Josef Vissarionovitch Djugashvíli, ou simplesmente Stalin, morreu em sua datcha (casa de campo) aos arredores de Moscou, vítima de uma hemorragia cerebral.


Benito Mussolini, Itália (1883-1945)
O ex-todo-poderoso Benito Mussolini morreu fuzilado pelos próprios italianos no dia 28 de abril de 1945, e teve seu corpo pendurado de cabeça para baixo para exibição pública e confirmação de sua morte.


Adolf Hitler, Alemanha (1889-1945)
No dia 30 de abril de 1945, Adolf Hitler e Eva Braun cometeram suicídio em Berlim ele com um tiro na cabeça e ela com uma cápsula de cianureto. Depois, seus corpos foram queimados com gasolina. É claro que existem boatos de que Hitler fugiu e foi viver em outros lugares, mas isso nunca foi confirmado.


Francisco Franco, Espanha (1892-1975)
No dia 20 de novembro de 1975, aos 82 anos, morreu em Madri Francisco Franco Bahamonde, mais conhecido como Francisco Franco. O ditador morreu por declínio de saúde e mal de Parkinson.


Mao Zedong, China (1893-1976)
Mao Zedong morrem no ano de 1975 de declínio da saúde e possível esclerose lateral amiotrófica (doença de Lou Gehrig).


Francois “Papa Doc” Duvalier, Haiti (1907-1971)
François Duvalier, conhecido como Papa Doc, foi médico, etnólogo e ex-ditador do Haiti. O ditador morreu em 1971 e diabetes e doenças cardíacas.


Kim Il-Sung, Coreia do Norte (1912-1994)
Kim Il Sung, dirigente comunista da Coreia do Norte desde 1948, faleceu em 8 de julho de 1994, vítima de um ataque cardíaco.


Augusto Pinochet, Chile (1915-2006)
O ex-ditador chileno entre 1973 e 1990, Augusto Pinochet, morreu aos 91 anos, no Hospital Militar de Santiago. Pinochet havia sido internado às pressas após sofrer um ataque cardíaco, e morreu de insuficiência cardíaca e edema pulmonar.


Nicolae Ceausescu, Romênia (1918-1989)
Nicolae Ceauşescu, foi um líder comunista, presidente da Romênia socialista de 1965 até à sua execução em 1989, na sequência da Revolução Romena. Nicolae foi executado por um pelotão de fuzilamento.


Idi Amin, Uganda (1925-2003)
Idi Amin Dada, considerado um dos dirigente mais sanguinários da história da África, morreu com 78 anos no hospital do reu Faysal em Jeddah, na Arábia Saudita, de falência múltipla de órgãos.


Saddam Hussein, Iraque (1937-2006)
O ex-ditador iraquiano Saddam Hussein, de 69 anos, foi enforcado, considerado culpado de crimes contra a humanidade.


Moammar Gaddhafi, Líbia (1942-2011)
Muammar Abu Minyar al-Gaddafi foi um militar, político, ideólogo e ditador líbio, sendo o chefe de estado do seu país entre 1969 e 2011. Ele foi capturado, espancado e morto por rebeldes.


Kim Jong-Il, Coreia do Norte (1941 ou 1942-2011)
O ditador, que na época tinha 69 anos, já tinha sofrido um derrame em 2008, e morreu no ano de 2011 vítima de um ataque cardíaco.


Fidel Castro, Cuba (1926 - 2016)
Fidel Castro morreu em Havana na noite de 25 de novembro de 2016, aos 90 anos. Boatos apontaram para diverticulite (inflamação no intestino grosso) e até câncer, mas nada foi confirmado oficialmente.


António de Oliveira Salazar, Portugal (1889 - 1970)
Salazar morreu de derrame cerebral no dia 27 de julho de 1970 em Lisboa, Portugal.

Tecnologia do Blogger.