12 mortes em seriados que ainda não superamos




Você está assistindo seu seriado preferido, episódio após episódio, focado no enredo, achando que está entendendo tudo e que seu personagem preferido vai viver feliz pra sempre no final, e de uma hora para outra tudo acaba, triste não é mesmo? (CONTÉM SPOILERS)
Confira agora 12 mortes em seriados que ainda não superamos:


Derek Shephered – Grey’s Anatomy
Dr. Shepered era um dos personagens principais e sua morte foi avassaladora, e brutal. Derek morreu depois de um acidente de carro. Ele chega a ir para o hospital, mas não é bem tratado e acaba falecendo.


Lexie Grey e Mark Sloan – Grey’s Anatomy
Só quem assiste Grey's Anatomy sabe o quanto foi triste ver o casal morrer praticamente juntos.


“Amanda Clarke” – Revenge
Na verdade é a real Emily Thorne que morreu, mas havia trocado de identidade e todos achavam que ela era Amanda Clarke. Ela se casa, tem um filho e acaba sendo assassinada em sua viagem de lua de mel.


Rita Bennet – Dexter
Apesar de ser um seriado sobre um assassino, as mortes em Dexter eram “merecidas”. O assassino mais querido da TV só matava pessoas culpadas, e que mereciam morrer. Houve ainda a morte de sua irmã Debra, mas em um momento muito ruim para a série, na última temporada, quando a audiência não era tão boa. Porém, a morte de Rita foi muito traumática para os fãs. Ela foi assassinada por Arthur Mitchell, o antagonista da temporada, e só foi encontrada por Dexter horas depois em uma banheira cheia de sangue.


Tracy “Mãe” McConnell – How I Met Your Mother
O foco de todo o seriado era descobrir quem era a “Mother” de “How I Met Your Mother”. Depois que ela apareceu e ficou frequente no seriado, os fãs acabaram perplexos quando descobriram que Tracy já estava morta no momento em que Ted estava contando a história para os seus filhos.


Barb Holland – Stranger Things
Barb Holland era a melhor amiga de uma das protagonistas. Ela tinha um jeito introvertido mais amigável. Era até querida pelo público. Foi morta pelo próprio Dermogorgon na outra Dimensão.


Vanessa Ives – Penny Dreadful
Vanessa era uma médium, bruxa e caçadora de criatura das trevas. Depois de ser transformada na “Rainha” dos Vampiros, Vanessa percebe que o único modo de derrotar o inimigo é acabando com a própria vida. Foi morta por um ferimento de bala, que ela mesma implorou para ser disparado.


Poussey Washington – Orange is the New Black
Poussey era uma das mais queridas detentas da Litchfield. Com um passado conturbado e cheia de romantismo, foi morta durante uma confusão, sendo acidentalmente sufocada pelo oficial que tentou imobilizá-la.


Laurel Lance – Arrow
Também conhecida como Canário Negro, Laurel era ex-namorada de Oliver Queen. Ela combatia o crime com o Arqueiro Verde e colocava sua vida em risco todas as noites. Foi morta em combate, por um ferimento letal. Ela ainda permaneceu viva no Hospital e só morreu horas depois, o que destruiu a esperança dos fãs de vê-la sair viva do incidente.


Ned Stark – Game of Thrones
Senhor da Casa Stark, foi quem inaugurou a “modinha” de matar personagens principais e/ou queridos em Westeros. Ele era o personagem principal da trama, e quando morreu deixou muitos fãs sem reação. Foi decapitado por ordem do Rei Joffrey.


Glenn Rhee – The Walking Dead
Sobrevivente do apocalipse zumbi e integrante do grupo de Rick Grimmes, foi morto por Negan com um taco de baseball envolvo em arame farpado. Foi surpreendente porque Negan já havia matado outro integrante do grupo, Abraham. Glenn ainda conseguiu falar “Maggie, eu vou te encontrar” mesmo depois de ter levado golpes brutais no crânio.

Tecnologia do Blogger.