22 bilionários que não terminaram a faculdade




A formação em um curso universitário nem sempre é garantia de sucesso para um profissional, tanto no mercado de trabalho quanto em um empreendimento próprio. A história, aliás, está repleta de casos de gente que construiu fortunas, a partir do que aprendeu no dia-a-dia dos negócios, sem nunca ter pisado em uma faculdade.
Confira agora 22 bilionários que não terminaram a faculdade:


José Alencar
Empresário e político. Um dos maiores empresários do Estado de Minas Gerais, construiu um império no ramo têxtil, que tem a Coteminas como principal empresa.


Abraham Kasinsky
Faturou mais de R$ 40 milhões em 1997, quando vendeu a Cofap, maior indústria de autopeças do País.


Hans Stern
Em 1945, aos 22 anos, fundou um pequeno negócio de compra e venda de pedras no Rio de Janeiro. Faleceu em 2007, mas deixou um exemplo de empreendedorismo. Hoje, a empresa que fundou, a H. Stern, é uma prestigiosa joalheria com unidades em Nova York, Paris, Frankfurt e Tel Aviv.


Alair Martins
Em 1953, montou seu primeiro empreendimento, o armazém Borges Martins. Em 1990, o Grupo Martins se torna o maior distribuidor atacadista da América Latina.


YC Wang
Bilionário de Taiwan, fez fortuna por meio da indústria plástica e química. Proprietário da Taiwan’s Formosa Plastics, tem apenas escolaridade básica. Hoje tem uma fortuna de US$ 5,4 bilhões.


Jack Taylor
Proprietário da Rent-a-Car, vendeu Cadillacs antes de começar seu negócio, em 1957, aos 34 anos. Possui US$ 6 bilhões e abandonou a Washington University.


Stanley Ho
Conhecido como rei do Gambling, controla o negócio de cassinos de Macau há 35 anos. Abandonado pelos pais, começou cedo a carreira como vendedor. Em 2003, seus negócios constituíam cerca de um terço do PIB de Macau.


François Pinault
Proprietário do grupo que detém as grifes Gucci, YSL, Converse, Samsonite e Christie’s. Não é diplomado. Tem patrimônio da ordem de US$ 7 bilhões.


Donald Newhouse
Criou um império de comunicações, Condé Nast, que inclui as revistas Vanity Fair, New Yorker, GQ, The Learning Channel, entre outras. Deixou a Syracuse University.


Kirk Kerkorian
Foi boxista amador e piloto. Começou a trabalhar como vendedor de rua, aos oito anos, momento em que abandonou a escola. Acionista da GM, tem uma fortuna estimada em US$ 8,7 bilhões.


Carl Icahn
O judeu nova-iorquino deixou duas universidades, uma delas de medicina. Hoje, é considerado o 46º homem mais rico do mundo, com US$ 14 bilhões.


Amancio Ortega
Criador da grife Zara, tem hoje mais de 1,6 mil lojas em 45 países, o dobro que possuía há cinco anos. Tem um patrimônio de US$ 14,8 bilhões. Deixou a escola na adolescência.


Michael Dell
Adolescente, com US$ 1 mil, fundou a Dell Computer Corporation, em 1984. Hoje comanda um império. Graças as suas seis fábricas de computadores, uma delas no Brasil, hoje ele é o mais rico entre os americanos com menos de 50 anos. Sua fortuna é avaliada em US$ 19,5 bilhões.


Paul Allen
Co-fundador e segundo maior acionista da Microsoft, é amigo de infância de Bill Gates. Não chegou a pegar seu diploma na Universidade de Washington. Hoje, tem uma fortuna de US$ 16 bilhões.


Roman Abramovich
Milionário russo, proprietário do clube inglês Chelsea, dono de US$ 18,7 bilhões. Sua fortuna começou com a proteção de Boris Brezovsky, que o ajudou a entrar nos negócios. Deixou o Instituto de Transportes de Moscou para se dedicar aos negócios.


Li Ka-Shing
Filho de um professor, o chinês de Hong Kong sonhava ser médico. Abdicou do sonho e foi vender flores de plástico. Hoje é presidente do grupo Cheung Kong, mantém investimentos em 53 países e 220 mil empregados. É o homem mais rico da Ásia.


Larry Ellison
Com apenas US$ 2 mil fundou a Oracle, aos 33 anos de idade. Deixou duas universidades, as de Chicago e Illinois. O primeiro bilhão virou algumas dezenas de bilhões duas décadas depois.


Sheldon Adelson
O norte-americano cresceu pobre, em Boston. Aos 16 anos, fugiu do colégio e fundou sua primeira empresa. Fez fortuna em Las Vegas, com negócios voltados ao cassino. Hoje tem 50 empresas. É o 14º homem mais rico do mundo.


Steve Jobs
O Ex-presidente da Apple, o americano Steve Jobs, foi eleito a pessoa mais poderosa do mundo dos negócios, pela revista Fortune, que elaborou em 2008 uma lista com os 25 executivos mais influentes do mundo. Dentre os sucessos que Jobs emplacou no mundo dos negócios, estão o Macintosh e o iPhone.


Bill Gates
Co-fundador da Microsoft, foi admitido na Universidade de Harvard. Abandonou dois cursos (Matemática e Direito). Ganhou fama de visionário quando apostou no mercado de software, na época em que hardware era muito mais valioso. Em 2008, a lista da Forbes aponta Gates como o terceiro homem mais rico do mundo, com uma fortuna de US$ 58 bilhões.


Mark Zuckerberg
Mark nasceu em White Plains, New York. E se formou em Ardsley High School (Ensino Médio). Embora tenha se destacado nos clássicos, ele aprendeu a escrever software com seu pai, e mais tarde contratou um tutor, para que pudesse continuar aprendendo, e ultrapassou o tutor. 
Mark estudou em Harvard por 2 anos, onde ele era conhecido como prodígio da programação. O Facemash foi construído por diversão e então ele mais tarde formou o Facebook com outros co-criadores.


Silvio Santos
Silvio Santos (pseudônimo de Senor Abravanel; Rio de Janeiro, 12 de dezembro de 1930) é um apresentador de televisão e empresário brasileiro, dono do Grupo Silvio Santos (que inclui inúmeros negócios como o Baú da Felicidade e o Banco Panamericano) Braspag e do Sistema Brasileiro de Televisão. Como apresentador do duradouro Programa Silvio Santos, um dos programas mais antigos da televisão brasileira, tornou-se uma das mais consagradas e queridas celebridades da televisão no Brasil.

Tecnologia do Blogger.