15 curiosidades sobre o mau hálito (halitose)




Você sabia que o mau hálito pode ser psicológico? Ou então que ele pode causar depressão? Pois é, por mais que esse mal seja um problema bastante comum, ainda existem muitas coisas sobre ele que pouca gente sabe.
Então confira agora 15 curiosidades sobre o mau hálito (halitose):


Um problema que atinge 50% do mundo
 O mau hálito é um probleminha que afeta pessoas por todo o mundo. O mau hálito, ou a halitose, como também é chamado, atinge mais de 30% dos brasileiros e cerca de 50% da população mundial, segundo dados da ABHA (Associação Brasileira de Halitose).


Ir ao dentista
 Cuidar da saúde dos dentes é fundamental para evitar o mau hálito e visitar o dentista periodicamente é importante. Algumas bactérias podem se alojar em nossa arcada dentária e formar uma placa que precisa ser removida apenas por profissionais especializados, os dentistas. 
O nosso mau hálito pode vir de cáries criadas por placas que apodrecem nos dentes ou até mesmo por novas placas escondidas em cantos estratégicos dos dentes. Ir ao dentista é fundamental para que você faça uma limpeza de dente e evite esse mau cheiro.


Ter atenção com a dieta
Para evitar o mau hálito, é bom você ter muita atenção com o que anda comendo para que o odor não atinja sua boca. E um dos alimentos que mais são causadores desse problema são o alho e a cebola. O motivo é que os restos se acumulam em sua boca e podem se alojar nos dentes. 
No caso do alho, por exemplo, são liberados produtos químicos que são absorvidos pelas células de sangue e expelidos por meio dos pulmões. Esse processo acaba fazendo sua respiração cheirar mal e não só a sua boca. Para evitar, reduza o consumo do alho e da cebola ou mastigue chicletes e escove bem os dentes.


 Atenção com o nariz
Outro lugar que você deve ter atenção para evitar o mau hálito é com o nariz. Infecções no seu seio nasal ou a presença de bactérias nas cavidades nasais podem emitir cheiros nocivos por meio de suas passagens nasais. 
Em casos assim, procure um especialista da área de otorrinolaringologista, o médico que cuida das partes do ouvido, garganta e nariz no seu corpo.


Chicletes, balas, pastilhas, desodorantes bucais só disfarçam 
Os chicletes, balinhas, desodorantes bucais, pastilhas e balas de menta não eliminam o odor, mas ajudam a mascarar. Eles estimulam o fluxo salivar temporareamente, mas não resolvem o problema. É bom utilizar essas guloseimas como um disfarce, caso não dê para você escovar os dentes e a língua.


 O estômago também pode causar esse problema
Antes de chegar a ele, dê uma verificada nos seus dentes, sua alimentação, suas vias respiratórias e, se caso ainda não tiver resolvido, verifique se há algo de errado com o seu estômago. 
Uma das principais causas que podem gerar mau hálito pelo estômago é por meio do fluxo ácido, uma condição em que o ácido e outras substâncias do seu estômago vazam para fora do órgão e chegam até o esôfago. A solução é tratar esse desvio de ácidos com antiácidos e outros medicamentos.


Cura Para o Mau Hálito 
A cura para o mau hálito é certa em 90% dos casos, pois ela se origina de problemas bucais. Aquelas halitoses que são causadas por diabetes, alterações no estômago, pulmão etc devem ser tratadas com médicos especialistas nessas áreas. A prevenção se consiste em manter sempre os dentes limpos passando fio dental, com escovação em dia, limpando a língua e reduzindo o consumo de alimentos gordurosos como queijos, carnes e evitar os aromáticos como o alho, cebola e o ovo. 
Procure também comer algo de três em três horas, além de ingerir muita água. Alimentos como maçã, abacaxi, laranja e cenoura "varrem" a parte superior da língua e do seu esôfago, evitando que alimentos fiquem retidos no seu estômago.


O mau hálito pode ser psicológico
Além de ser psicológico, ele é muito mais comum do que você imagina. “Aproximadamente 20% dos pacientes que nos procuram pensam que tem halitose, mas na verdade não tem. O paciente pode associar atitudes como coçar o nariz perto deles, ao fato de estarem com mau hálito”, diz Ana Kolbe, dentista especializada no diagnóstico e tratamento da halitose. 
Só que eles esquecessem que aproximadamente 40% da população é portadora de rinite alérgica e coça o nariz constantemente por isso. “A halitose imaginaria pode levar, em alguns casos, a alucinação olfativa,fazendo com que eles realmente achem que sentem o mau hálito. Muitos desses casos precisam de ajuda psicológica ou até psiquiátrica”, diz a especialista.


Halitose pode causar depressão
A halitose mexe com a auto-estima, a auto confiança, causa bulliyng e discriminação social e profissional podendo levar o paciente ao isolamento, depressão e até tentativa de suicídio.


Prisão de ventre pode causar mau hálito
A prisão de ventrepode sim ser responsável pelo mau hálito. Isso acontece porque os gases produzidos no intestino (pelas bactérias proteolíticas) através da fermentação dos alimentos (e das flatulências comuns desse mal) acabam sendo absorvidos pela corrente sanguínea e levados até o pulmão onde são eliminados pelas vias respiratórias, explicando assim a origem desse tipo de halitose.


Pessoas estressadas têm mais propensão para ter mau hálito
O estresse causa uma redução da produção de saliva, pois a atividade das glândulas salivares depende, entre outros fatores, do equilíbrio do Sistema Nervoso Central, que fica instável em situações de nervosismo. “O estresse é uma das causas mais frequentes de halitose e vem sendo responsável pelo aumento do numero de portadores de halitose no mundo”, diz Ana.


 Mesmo que você não sinta, você pode estar com mau hálito
A fadiga olfativa é quando o nariz se acostuma com o cheiro exalado da boca e passa a não mais detectá-lo como mau cheiroso. Por isso, é possível sim que você tenha halitose e não tenha percebido.


Sites que avisam para seus amigos que eles tem mau hálito
Existem diversos sites que mandam mensagens anônimas para seus amigos avisando que eles possuem halitose, caso você tenha vergonha de avisar pessoalmente.
Entre esses sites, estão o SOS Halitose (no site www.abha.org.br) ou o Click Mau Hálito (no site www.kolbe.com.br).


Existe um aparelho capaz de "medir" o hálito
Existe um aparelho chamado Halimeter, capaz de medir compostos sulfurados voláteis e que serve medir a gravidade da halitose.


 12 fatores que podem causar mau hálito
1 – Beber pouco líquido
2 – Comer muita gordura e proteína animal ou comida muito temperada
3 – Fumar
4 – Usar enxaguante com álcool frequentemente
5 – Tomar bebidas alcoólicas com frequência (mais de 2 vezes por semana )
6 – Ter o intestino preso
7 – Ficar muitas horas sem se alimentar
8 – Respirador pela boca
9 – Ter diabetes
10 – Sentir minha boca seca com frequência
11 – Não usar fio dental com frequência
12 – Não higienizar a língua durante a escovação provocando o esbranquiçamento da mesma. (saburra lingual)

Tecnologia do Blogger.