50 curiosidades sobre os atentados de 11 de setembro




Os ataques de 11 de setembro nunca serão esquecidos. O dia 11 de setembro de 2001 foi marcado por uma série de quatro ataques terroristas coordenados por parte da organização terrorista islâmica Al-Qaeda. Os ataques consistiam em ataques suicidas direcionados aos marcos simbólicos dos Estados Unidos da América.
Confira agora 50 curiosidades sobre os atentados de 11 de setembro:


1. O número de crianças que perderam um dos pais nos eventos de 11 de setembro foi 3.051. Dezessete bebês nasceram de mulheres cujos maridos morreram durante os ataques. Nove meses após o 11 de setembro, o número de nascimentos em Nova York subiu 20 por cento em comparação com o mesmo mês em 2000. 


2. De acordo com os pesquisadores, o consumo de álcool em Manhattan na semana após os ataques aumentou 25 por cento em relação ao mesmo período do ano anterior. O consumo de tabaco aumentou 10 por cento, o consumo de maconha 3.2 por cento e os atendimentos em igrejas e sinagogas aumentaram em 20 por cento. 


3. O valor total das obras de artes perdidas quando as Torres Gêmeas desabaram ultrapassou US$ 100 milhões. Entre os itens destruídos estava uma escultura de Alexander Calder intitulada 'WTC Stabile', uma tapeçaria de Joan Miró, uma pintura de Roy Lichtenstein, quadros de Picasso e David Hockney. 


4. Um dos heróis desconhecidos do 11 de setembro era um cão-guia chamado Roselle, um Labrador amarelo que tirou seu dono cego, Michael Hingson, do 78° andar da Torre Norte e o levou para a casa de um amigo.


5. Os bombeiros levaram 100 dias para extinguir todos os focos de incêndio. 


6. Somente 291 corpos foram recuperados "intactos" do Marco Zero. Os pais de Lisa Anne, 22 anos, que era um passageiro no voo 175 da United, que atingiu a Torre Sul, tiveram que esperar quase um ano antes de receberem os restos mortais e pertences de sua filha. 


7. No total, os trabalhadores escavaram através de mais de um milhão de toneladas de escombros à procura de restos mortais e objetos pessoais. Eles encontraram 65.000 itens, incluindo 437 relógios e 144 alianças de casamento.


8. Três horas antes dos ataques, uma máquina chamada 'gerador de eventos aleatórios' na Universidade de Princeton previu que um evento cataclísmico estava prestes a acontecer.


9. A seção do Pentágono atingido pelo vôo 77 tinha acabado de passar por uma reforma orçada em US$ 258.000.000. As paredes e janelas tinham sido reforçadas nessa área da instalação. 


10. Os quatro principais tópicos de pesquisa no Google na semana de 11 de setembro, em ordem decrescente, foram: Nostradamus; CNN; O World Trade Center e Osama Bin Laden.


11. O livro de romance mais vendido de 2001 foi 'Profanação: Anticristo assume o trono' por Tim LaHaye e Jerry Jenkins. 


12. Quando o líder dos ataques, Mohamed Atta, fez check-in no aeroporto em Boston, o nome dele desencadeou um alerta no sistema de segurança do aeroporto e as malas não foram colocadas no bagageiro do avião. 


13. Centenas de memoriais, homenagens, mastros, crucifixos e obras de arte foram feitas com os restos das torres gêmeas. Entre as homenagens existe uma cruz feita de aço da Torre Norte em Shanksville, Filadélfia, onde caiu o voo 93 da United.


14. O Comando de Defesa Aeroespacial da América do Norte, que é responsável por defender o espaço aéreo dos EUA, tinha simulado pelo menos quatro sequestros de avião na semana antes dos ataques de 11 de setembro. Inclusive, uma simulação estava programada para simular um sequestro na manhã dos ataques. 


15. O promotor imobiliário Larry Silverstein arrendou o terreno do World Trade Center por 99 anos por US$ 3,2 bilhões. Isso tudo aconteceu apenas seis meses antes da destruição. 


16. No início de 2011, a contagem oficial de mortos era de 2.753. O número aumentou 2.996.


17. Cinco dos sequestradores estavam hospedados em um hotel próximo da maior organização de espionagem americana, a Agência Nacional de Segurança, dias antes dos ataques. 


18. As caixas pretas armazenadas na cauda do vôo 77 foram descobertas no Pentágono em 12 de setembro de 2001. O Secretário de Estado, Donald Rumsfeld, disse mais tarde que os dados do gravador de voz era irrecuperável. Foi a primeira vez em 40 anos que uma fita de voz do cockpi não produziu dados.


19. Um templo muçulmano foi destruído quando o World Trade Center entrou em colapso, juntamente com uma loja de Alcorões. 


20. John Patrick O'Neill, um agente especial encarregado do FBI, que tinha investigado a Al-Qaeda e o primeiro ataque ao World Trade Center em 1993, deixou o FBI devido a divergências políticas. Ele se tornou o chefe de segurança no World Trade Center - onde morreu em 11/9.


21. Depois de 11/9, os membros da tribo Masai, do Quênia, doaram 14 vacas para os EUA para ajudar com as consequências do atentado. Para o Masai, a vaca é igual a vida.


22. Em 11/09, quando todos os transportes da cidade foram fechados, proprietários de barcos conseguiram transportar mais de 500.000 pessoas da Ilha de Manhattan em um ato incrível conhecido como o “9/11 Boatlift”.


23. Em 11 de setembro de 2001, John Perry estava na sede da polícia arquivando seus documentos de aposentadoria quando foi notificado sobre o primeiro avião atingindo a primeira torre. Ele correu para o local para ajudar com as operações de resgate e foi morto quando uma das torres desabou. Ele era o único oficial de folga morto no atentado.


24. Em 11/09, após o primeiro avião atingir a Torre Norte, as pessoas na Torre Sul queriam sair, mas foram aconselhadas por um anúncio a ficar em suas mesas. Os que tentaram sair de qualquer maneira foram afastados pela segurança no prédio. Cerca de 1.120 deles morreram.


25. A rainha da Inglaterra autorizou os Coldstream Guards a quebrar o protocolo e tocar o hino nacional dos Estados Unidos durante a troca da guarda, dando algum conforto para os americanos retidos em Londres devido ao fechamento dos aeroportos.


26. Cães de resgate encontraram tão poucas pessoas vivas que acabaram ficando estressados. Voluntários tiveram que fingir estar entre os destroços para manter os cães animados.


27. O líder afegão Ahmad Shah Massoud, que lutou contra os soviéticos na década de 1980, era contra uma interpretação fundamentalista do Islã. Ele foi assassinado dois dias antes do atentado, após o aviso de um grande ataque terrorista definido para acontecer nos Estados Unidos.


28. A empresa que era proprietária do World Trade Center tinha agendado uma reunião para o 11/09 no 88º andar da Torre 1 para discutir o que fazer em caso de um ataque terrorista, mas remarcaram na noite anterior porque um participante não poderia comparecer.


29. A comunidade muçulmana Ahmadiyya recolheu 11.170 litros de sangue (o suficiente para ajudar a salvar 30 mil vidas) em honra às vítimas de 9/11.


30. Um banco de investimento que perdeu 75% de seus empregados em 11/09 processou a American Airlines por negligência ao permitir terroristas a bordo, e ganhou US$ 135 milhões.


31. Os cientistas estavam monitorando os níveis de estresse de baleias através da análise de suas fezes, e descobriram que o estresse despencou imediatamente após os ataques. Isso aconteceu porque todo o tráfego de navios foi interrompido, o que acalmou os oceanos do ruído de baixa frequência que as baleias usam para se comunicar.


32. Um cão-guia calmamente levou 30 pessoas para baixo do World Trade Center, apesar da confusão, fumaça e ruído em torno dele. Uma vez seguro, o cão, em seguida, ajudou uma mulher que estava cega pelos destroços.


33. O único americano que não estava na Terra durante o ataque foi o astronauta Frank L. Culberston, que registrou o evento a partir da ISS. Mais tarde, ele descobriu que o piloto do avião que atingiu o Pentágono era Charles Burlingame, um colega de sua Academia Naval dos EUA.


34. A Al-Qaeda inicialmente previa atingir instalações nucleares, em vez do World Trade Center e o Pentágono, mas mudou de ideia temendo que as coisas pudessem “ficar fora de controle.”


35. O atentado fez 1.600 pessoas morrerem em acidentes de carro porque elas mudaram seus planos de viagem: ao invés de voar, dirigiram.


36. Ben Sliney, chefe de operações de controle de tráfego aéreo em Herndon, Virginia, deu a ordem sem precedentes para pousar 4.000 aviões em todo o país e redirecionar qualquer um no céu para o aeroporto mais próximo. Era seu primeiro dia no trabalho.


37. A Sky News UK inicialmente informou que “toda a costa leste dos Estados Unidos tinha sido dizimada por um ataque terrorista”


38. Os nomes no Memorial são organizados por relacionamento, em vez de ordem alfabética, a fim de preservar os laços de família e amizade, e mostrar as conexões entre pessoas que mudaram a vida uns dos outros naquele dia.


39. O único avião autorizado a voar após os ataques era um que ia de San Diego para Miami entregar um antídoto a um homem mordido por uma cobra altamente venenosa. Foi acompanhado por dois caças a jato.


40. Os líderes que denunciaram com veemência os ataques incluíram os presidentes do Egito, a Autoridade Palestiniana, a Líbia, a Síria, o Irã e o Paquistão. A única exceção era Saddam Hussein, que disse que “os cowboys americanos estavam colhendo o fruto de seus crimes contra a humanidade.”


41. O governo dos Estados Unidos pagou uma média de US$ 1,8 milhão para as famílias das vítimas do atentado.


42. 11 de setembro de 2001 caiu numa terça-feira.


43. O primeiro avião atingiu a primeira torre do World Trade Center às 8h46 da manhã nos Estados Unidos. O segundo atingiu a outra torre às 9h02. A primeira torre desabou 57 minutos depois de ter sido atingida. A segunda, caiu 102 minutos depois da colisão.


44. O Boeing 757 da American Airlines caiu sobre o Pentágono, sede das Forças Armadas norte-americanas, às 9h37.


45. O 757 da United Airlines que fazia o voo 93, de Newark a São Francisco, caiu em Pittsburg, na Pensilvânia, às 10h06


46. A temperatura nos andares atingidos pelo impacto dos aviões chegou a 1 000º Celsius.


47. A nuvem de poeira tóxica gerada pelo colapso do World Trade Center se espalhou num raio de 2 quilômetros.


48. Calcula-se em 200 o número de pessoas que, desesperadas, saltaram das torres em chamas.


49. Ao todo, morreram pessoas de 115 nacionalidades nesses ataques terroristas.


50. 4 brasileiros morrem nos ataques.

Tecnologia do Blogger.